:: Centro de Educação

A educação da infância e da juventude sempre mereceu a atenção das Irmãs de São José. A obra iniciada por Madre Teodora Voiron, fundadora da Província, nunca esmoreceu.
Tanto as classes mais favorecidas financeiramente, quanto também os pobres, os órfãos, os abandonados, sempre receberam das Irmãs de São José, acolhimento generoso e amigo.

Com zelo apostólico e inegável espírito evangélico, as Irmãs de São José, com a ajuda do povo em geral, inauguraram no dia 21 de novembro de 1963 o “Lar Josefino”, numa área doada pela prefeitura no alto da Vila Nova, que recebeu a denominação na época de“Jardim João XXIII”.
O “Lar Josefino” era uma escola gratuita destinada a meninas, que não podendo continuar os estudos além do primário, ali se preparavam para atividades domésticas; corte, costura, cozinha, lavanderia, alguns conhecimentos gerais e de economia doméstica.
Esta obra foi levada adiante até o ano de 1965. Esta obra foi levada adiante até o ano de 1965. O “Lar do Menino” e o “Centro de Educação Madre Teodora” fundiram-se no mesmo anseio de auxílio ao outro, na mesma dedicação de caridade.
O Centro de Educação Madre Teodora é uma entidade que atende cerca de 220 crianças carentes. São meninos e meninas em idade escolar de 7 a 12 anos, que recebem reforço escolar, alimentação, educação religiosa, aulas de informática, aulas de música, educação ambiental e artesanato. Para complementar o trabalho já realizado, as Irmãs de São José preocupadas com a questão do desemprego e da qualificação profissional, abriram uma nova oportunidade às pessoas que pretendem ingressar no mercado de trabalho, ou se manter em seu atual emprego, oferecendo Curso de Capacitação Profissional e Informática para pessoas de todas as faixas etárias. A obra hoje é coordenada pela Irmã Maria Carmelita Lupurini Sampaio, auxiliada por jovens monitores contratados pela SIPEB - Sociedade de Instrução Popular e Beneficência.

Algumas imagens do Centro de Educação Madre Teodora
(Clique sobre as miniaturas, para ampliá-las)